quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Jantar do século


Sobre o "jantar do século" (um amigo meu apelidou-o de "jantar dos excluídos"), jantar beneficente que acontece dia 3 de novembro no Grand Hyatt São Paulo com estrelas da cozinha espanhola, durante o evento Semana Mesa São Paulo. Quem escreve é Nina Horta, hoje, na Folha de S.Paulo.

"A Menina dos Fósforos"

--------------------------------------------------------------------------------
Não dizem por aí que comemos com os olhos? Experimentem ir ao Jantar do Século na web --------------------------------------------------------------------------------

"LI NÃO sei onde que o conto de fadas que te ficou na cabeça é aquele pelo qual você rege a sua vida. Por exemplo, "A Menina dos Fósforos". Quem se lembra?
Uma noite de Natal refulgente numa casa européia. Crianças em volta de uma árvore, assados, doces e frutas sobre a mesa adamascada e cheia de velas. E, lá fora, o nariz achatado no vidro, a menina enregelada. Tinha uma caixinha de fósforos e ia acendendo um a um para se aquecer ou para enxergar e talvez comer com os olhos o que lhe era negado naquela noite santa. E, no dia seguinte, foi encontrada encolhidinha e morta debaixo da janela. É claro que quem ouvia essa história não se esquecia nunca mais, trágica de tudo, bem como criança gosta.
E agora inventaram o "Jantar do Século" e convidaram pra novembro uma penca de cozinheiros melhores do mundo, mostrando as novas tendências. Todo mundo que adora comida finge não estar ligando, mas se sente ora como a menina dos fósforos, ora como vítima da fada vingativa, ora desdenha ("eu nem queria ir mesmo", "que pena, estou de viagem para..."), ora resolve barrar a entrada dos convidados ilustres deitando-se com o barrigão para cima bem na porta do Hyatt. Pouca gente toma a providência que resolveria tudo, que é pagar R$ 5.000 beneficentes para comer as gostosuras do século.
Olha a Bolsa... e todos se encolhem, sem apetite.
Mas, não dizem por aí que comemos primeiro com os olhos? Então experimentem ir ao Jantar do Século pela internet. Acreditem que é só clicar no nome do prato e do cozinheiro no Google. Por exemplo, primeiro prato -moshi de gorgonzola.
Ponham "el bulli, moshi de gorgonzola" -e lá está ele, descrito por uma rapariga portuguesa, Spice Girl, pois, pois, que o experimentou: "Penso que é um ravióli líquido. [....]
Penso, confesso que lá não pensei minimamente como se fazia nenhum dos pratos, porque estava mais preocupada com a experiência.
Muito cremoso, e no meio tinha um pedacinho de gorgonzola. Primeiro sentia-se a parte exterior, cremosa e suave, depois algo sólido como a explosão do sabor de gorgonzola".
No mesmo jantar, há uma ostra ao cava, que não é uma ostra, e sim uma folha com gosto de ostra! Precisamos descobrir qual é, vem da Escócia. "Uma folha, umas gotas de vinagre e perto do caule um cubinho de cebola ou chalota. E sabe mesmo a ostra, mastiga-se, o sabor está todo lá, mas sem a textura característica. É estranho. Talvez o cubinho mínimo de cebola fosse um sabor demasiado forte. Gostaria de ter experimentado outra sem ele para avaliar."
E encantados podemos ver a sopa de alho "Las Pedroñeras", de Manolo de la Osa, com direito a receitas e vista do lugar. Nenhuma menina dos fósforos terá visto com tanta lucidez os pratos, como na internet, o nariz achatado na tela do monitor.
E o engraçado é pesquisar-comer prato por prato (A fada má que não foi convidada para o batizado da princesa) e vingativamente esperar que algum dos pratos, só um, só um saia horrível, como o "texturizado de peixe em brasas de caroço de azeitona e guacamole", que bem o merecia por causa do nome, mas em compensação tem a "galinha de ovos de ouro" de Quique Dacosta, que é linda também, o papel de ouro semi escondendo uma gema dourada.
Bom, não vou dar todas as dicas, quase morri sufocada com esse calorão, diferente da outra dos fósforos que se foi com o frio. Acho que o jeito é largar uns tostões na Bolsa, furar o dedo na roca e dormir durante cem anos para acordar só no Jantar do Século que vem. Informações: 0/ xx/11/3926-1705; jantardoseculo@prazeresdamesa.com.br."

4 comentários:

Tati disse...

Olá Cris
Sempre vi seu nome pelos posts do Katz, mas não sabia que vc tinha um blog.
Um dia, fazendo pesquisas p meu trabalho eu o descobri e venho lendo desde então, gostei muito.
Com relação ao jantar, realmente seremos a "menina dos fósforos", confesso que gostaria muito de ir, ainda mais que meu mestrado é justamente analisar a comida como uma obra de arte e descobrir essas relações sensórias que envolvem todo ritual gastronômico, mas como não vai dar seguirei o conselho de Nina Horta.

Abraço

Bergamo disse...

Olá Cris,
Não participei do Jantar do Século. Esperarei o próximo mesmo...rsrsrs...
Mas participei das palestras do Fórum, o que foi maravilhoso.
Aos poucos estou colocando minhas impressões lá no blog.
Abraços,
Bergamo

handmade jewelry disse...

how can you write a so cool blog,i am watting your new post in the future!

alerts disse...

I will pass on your article introduced to my other friends, because really good!
wholesale jewelry